Templates by BIGtheme NET
Home / Em Destaque: / Artigos / O Diálogo entre a Divindade e a humanidade

O Diálogo entre a Divindade e a humanidade

image1939A totalidade do homem é percebida quando ele realiza consigo mesmo o encontro inevitável, o diálogo. Este diálogo pode ser entre a Divindade ou a humanidade. No Evangelho de São Lucas (1,26-38) encontramos um diálogo entre o Divino e o Humano, pois o anjo Gabriel foi enviado por Deus para anunciar à Virgem Maria.
“O diálogo que suscita entre eles, os retira do anonimato e do individualismo trazendo-os a uma realidade de mundo presente, fazendo manifestar uma relação recíproca entre eles” (Riqueza da Humanidade, d’Abadia 2014). Todavia, o Divino vem até a humanidade quando a humanidade se aproxima do Divino. Por isso, o anjo diz: “cheia de graça, o Senhor está contigo”.
Para aproximar da divindade devemos ser santos e termos uma vida condizente ao plano de Deus. Até porque pela boca de seus mensageiros Deus nos questiona: “és tu que construirás uma casa para eu habitar”? (2Sm 7,5). Deus quer habitar em cada um de nós. É preciso que estejamos “cheios de Deus” ou cheios daquilo que nos aproxima de sua santidade.
Quando formos plenos de Deus, Ele virá com sua Divindade tocar nossa humanidade e nos dirá com toda benevolência: “Eu serei para ele um pai e ele será para mim um filho” (2Sm 12,14a). Porque DEUS “se fez humano para que o humano se aproximasse do divino” (folheto Deus Conosco, dezembro, p. 99. 2014).
Assim sendo, que a Divindade do Menino Jesus que recebemos ansiosos no seu nascimento toque nossa humanidade pecadora, frágil, mas que deseja ser “cheia de Graça” (Lc 1,28) buscando um diálogo com a Divindade através da Oração de nossa humanidade.
Padre Joacir d’Abadia, 
Pároco em Alto Paraíso e Administrador Paroquial de Colinas do Sul